Itapajé: Açude de Iratinga corre o risco de arrombamento, afirma Carlos Ribeiro « ADRIANO FURTADO

sexta-feira, 11 de março de 2016

Itapajé: Açude de Iratinga corre o risco de arrombamento, afirma Carlos Ribeiro

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:


Há cerca de duas semanas a população do distrito de Iratinga teve o abastecimento de água interrompido por aproximadamente 72 horas por causa de danos causados aos flutuadores e motobombas responsáveis pela captação de água no açude da localidade. Muito embora o SAAE tenha resolvido o problema, o contratempo revelou uma situação gravíssima que poderá causar grandes prejuízos aos moradores daquele que é o maior distrito de Itapajé. A interrupção no abastecimento teve como causa primária a formação de uma grande massa de vegetação flutuante muito espessa e com alta densidade.
De acordo com o diretor do SAAE, Carlos Ribeiro, essa vegetação flutuante tem área aproximada de 10 mil m2 e espessura aproximada de 6m, sendo 3m acima do espelho d’agua e 3m submersos. A massa se desloca aleatoriamente levada pelos ventos, hora no sentido da parede do reservatório, hora no sentido do sangradouro. Em determinados momentos a vegetação obstrui o vertedouro provocando a redução da “revanche”, o que poderá ocasionar a ruptura (arrombamento) do reservatório, haja vista que o açude já está sangrando.
A consequência mais imediata é que o deslocamento da massa, que tem volume estimado em 60 mil m3 e peso aproximado de 60 mil toneladas (considerando densidade 1), poderá provocar novamente, a qualquer momento, a interrupção no abastecimento caso a vegetação flutuante volte a deslocar os equipamentos de adução de água instalados no açude. Carlos Ribeiro afirma ainda que SAAE e Prefeitura não dispõem de Know-how, equipamentos, tampouco recursos financeiros para realizar a retirada da vegetação.
A solução seria que o Governo do Estado, através da Cogerh e da Secretaria de Recursos Hídricos, auxiliasse o município nessa tarefa. O Estado, entretanto, ainda não sinalizou positivamente quanto à possibilidade de intervir efetivamente no caso. Apesar disso, na manhã desta quinta-feira, dia 10, funcionários da COGERH - Regional de Pentecoste, acompanhados de Ribeiro, estiveram em Iratinga para avaliar a dimensão do problema.


*Mardem Lopes

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS