ITAPAJÉ: DIRETORA DA ESCOLA CAPITÃO MANOEL PINTO AFASTA PROFESSORES SEM JUSTIFICATIVA E DE FORMA COVARDE « ADRIANO FURTADO

quinta-feira, 30 de julho de 2015

ITAPAJÉ: DIRETORA DA ESCOLA CAPITÃO MANOEL PINTO AFASTA PROFESSORES SEM JUSTIFICATIVA E DE FORMA COVARDE

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:

O Núcleo Gestor da Escola de Ensino Fundamental Capitão Manoel Pinto de Mesquita, situada no bairro Padre Lima, município de Itapajé, que tem como diretora a Sra. Maria Izolda Galvão, afastou sem apresentar nenhuma justificativa, três professores do Corpo Docente do colégio.

Os educadores que ainda gozam de férias foram surpreendidos nesta na manhã desta quinta-feira, 30 de julho, com o chamamento da secretária de Educação, onde foram informados que estavam sendo lotados em outros locais.  

De acordo com o ofício, o Núcleo Gestor da Escola colocou os professores a disposição da Secretaria de Educação, mas não apresentou um motivo que possa justificar tamanho ato, que pode inclusive, ser considerado como covardia, pois não foram sequer avisados.

Os professores, um deles com 19 anos ensinando na instituição, se sentiram traídos pela direção que não teve a decência de chamá-los para conversar ou mesmo para comunicar a decisão.

Os três professores concursados serão agora lotados nas Escolas Antonio Viana de Mesquita (São Miguel de Baixo), Padre Manoel Lima e Silva e João Martins Teixeira (Barateiro), respectivamente.

De Adriano Furtado:
Vejo as coisas acontecendo e fico imaginando, como pode uma diretora de escola retirar da instituição que comanda colegas de profissão sem ao menos informá-los, sem estabelecer diálogo e o que é pior sem nada que justifique sua decisão? Como pode?
E mesmo que houvesse algum problema, caberia a Diretora enquanto responsável pela unidade de ensino, conversar e tentar resolver qualquer situação adversa a conduta da escola, mas como não havia motivo, segundo os próprios professores, a mesma agiu covardemente apunhalando seus companheiros que há vários anos prestam serviço naquela unidade de ensino.
Se uma diretora é incapaz de conversar com seus comandados, será que tem competência pra exercer o cargo?

Acho que diretores de escolas deveriam ser escolhidos pela competência e não por indicação política, como acontece atualmente. É só minha opinião.

2 comentários:

  1. Isso é simplesmente um absurdo deve ser intriga da oposição.

    ResponderExcluir
  2. Se a diretora fosse uma gestora, deveríamos esperar um outro comportamento( ético). No entanto, muitos estão na gestão agindo como DIRETORES, pensando que o poder ainda está centralizado em suas mãos. Tem muita gente por aí, sendo diretor de gabinete, mas sem sensibilidade alguma para enfrentamentos.

    ResponderExcluir

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS