VEJA A REPERCUSSÃO DA MORTE DE EDUARDO CAMPOS « ADRIANO FURTADO

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

VEJA A REPERCUSSÃO DA MORTE DE EDUARDO CAMPOS

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:



O ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, morreu nesta quarta-feira (13) após o jato em que estava cair em cima de uma casa em Santos, no litoral de São Paulo.
Campos, de 49 anos, participava de uma das agendas de campanha na cidade.
Veja o que disseram sobre a morte do político:
Dilma Rousseff, presidente da República
"O Brasil inteiro está de luto. Perdemos hoje um grande brasileiro, Eduardo Campos. Perdemos um grande companheiro. Neto de Miguel Arraes, exemplo de democrata para a minha geração, Eduardo foi uma grande liderança política. Desde jovem, lutou o bom combate da política, como deputado federal, ministro e governador  de Pernambuco, por duas vezes. Tivemos Eduardo e eu uma longa convivência no governo Lula, nas campanhas de 2006, 2010 e durante o meu governo. Estivemos juntos, pela última vez, no enterro do nosso querido Ariano Suassuna. Conversamos como amigos. Sempre tivemos claro que nossas eventuais divergências políticas sempre seriam menores que o respeito mútuo característico de nossa convivência. Foi um pai e marido exemplar. Nesse momento de dor profunda, meus sentimentos estão com Renata, companheira de toda uma vida, e com os seus amados filhos. Estou tristíssima. Minhas condolências aos familiares de todas as vítimas desta tragédia. Decretei luto oficial de 3 dias em homenagem à memória de Eduardo Campos. Determinei a suspensão da minha campanha por 3 dias."
Aécio Neves (PSDB), candidato a presidente
“É com imensa tristeza que recebi a notícia do acidente que vitimou o ex-governador e meu amigo Eduardo Campos. O Brasil perde um dos seus mais talentosos políticos, que sempre lutou com idealismo por aquilo em que acreditava. A perda é irreparável e incompreensível. Neste momento, minha família e eu nos unimos em oração à  família de Eduardo, seus amigos e a milhões de brasileiros que, com certeza, partilham a mesma perplexidade e pesar.”
Pastor Everaldo (PSC), candidato a presidente
"É com muita dor que perdi um amigo. Eduardo Campos era, além de tudo, uma pessoa de bem, um pai de família, um cidadão brasileiro que teria muito a contribuir com a democracia brasileira neste momento. Estive com ele, na semana passada, e pude perceber o comprometimento dele com o País. Meus pêsames à família, aos amigos e que Deus conforte a todos."
Eduardo Jorge (PV), candidato a presidente
"A campanha presidencial do PV está suspesa para os próximos dias. Esta perda é muito triste para o país. Eduardo Campos era uma liderança muito jovem e muito importante para o Brasil. Toda minha solidariedade à família."
Luciana Genro (PSOL), candidata a presidente, em entrevista à Rádio Gaúcha
“Foi com aperto no peito que recebi essa morte. Essa eleição se reverte em luto. Vai ser muito difícil continuar uma campanha com uma tragédia dessa. Vou a Pernambuco acompanhar o enterro e as homenagens. Minha solidariedade e tristeza. Não há diferenças políticas que se coloquem acima dessa dor e perda."
Mauro Iasi (PCB), candidato a presidente
"O candidato Mauro Iasi (PCB) lamenta profundamente a morte do candidato Eduardo Campos, seus assessores e pilotos, assim como das vítimas do bairro onde o avião caiu. E manifesta toda solidariedade aos familiares e amigos."
José Maria Eymael (PSDC), candidato a presidente
"Neste 13 de agosto de 2014, a Nação brasileira perde em lamentável acidente aéreo, Eduardo Campos e acompanhantes. A família Democrata Cristã Brasileira, une-se ao povo neste momento de profundo pesar e externa seus sentimentos à família Arraes e aos que conviveram mais diretamente com o Governador de Pernambuco."
Zé Maria (PSTU), candidato a presidente
“Como é sabido, o PSTU não tinha identidade política nem de classe com o ex-governador. Não apoiamos seu governo em Pernambuco nem a alternativa que representava nas eleições deste ano. Na verdade, na disputa política entre trabalhadores e patrões na nossa sociedade, nos encontrávamos em campos opostos. Mas, queremos registrar que, evidentemente, lamentamos o acidente e o drama humano que causou e enviamos nosso pesar aos familiares, dele e dos demais ocupantes do avião acidentado. Por fim nos solidarizamos com os feridos que foram atingidos no solo pelo mesmo acidente.”
Alexandre Padilha (PT), candidato a governador em SP
"Infelizmente, acabei de ser avisado. Foi uma tragédia. O ex-governador Eduardo Campos foi meu colega de governo durante o governo do presidente Lula. Conheci muito a família, a esposa, os filhos. Decidi suspender qualquer outra agenda para que a gente possa ter mais informacões e dar conforto à familia e aos amigos."
Aloysio Nunes (PSDB-SP), senador e candidato a vice-presidente na chapa de Aécio Neves
“Estou profundamente consternado pela tragédia, pela dimensão humana da tragédia, e pela perda de um líder político da importância de Campos. É muito grave porque é uma pessoa de quem eu gostava pessoalmente. Acho que é muito difícil prever o desdobramento politico. Vai depender da decisão que o PSB tomar em relação à substituição, mas o próprio PSB deve estar mergulhado em profunda tristeza.”
Aloizio Mercadante, ministro-chefe da Casa Civil da Presidência da República
“O Brasil perdeu um grande homem público e uma das mais importantes lideranças políticas da minha geração. Estivemos lado a lado na campanha de Lula em 1989 e fomos deputados federais juntos. Eduardo Campos também foi ministro da Ciência e Tecnologia no governo Lula, cargo que eu viria a ocupar depois. Campos foi, ainda, um governador muito importante na história do estado de Pernambuco. O fato de não estarmos no mesmo palanque nesta eleição jamais diminuiu minha admiração pelo talento, pela competência e pelo espírito público de Eduardo Campos. Deixo meu abraço e condolências à esposa Renata, aos filhos, aos familiares e aos companheiros do PSB.”
Ana Rita (PT-ES), senadora, no Twitter
"Triste c/ a morte do presidenciável Eduardo Campos e assessores. Minha solidariedade aos familiares, amigos e integrantes do PSB/Rede."
Antônio Carlos Magalhães Neto (DEM), prefeito de Salvador
“A política, o Brasil e o Nordeste perderam um dos seus representantes mais qualificados. Como deputado, governador e ministro, Eduardo Campos sempre trabalhou pelo desenvolvimento do Brasil. O Brasil está de luto. No pouco tempo de sua campanha à presidência, Campos apresentou propostas consistentes, demonstrando que ainda tinha muito a contribuir para o futuro do país. Ele estava sempre bem-humorado, era um grande contador de histórias. Deixo aqui o meu sentimento à família de Eduardo Campos, em especial à população de Pernambuco e do Nordeste.”
Beto Richa (PSDB), governador do Paraná, no Twitter
"Que Deus, na sua infinita bondade, possa amparar a família de Eduardo Campos e nos confortar nesse momento de grande dor."
Celso de Mello, ministro do STF
“Foi uma tragédia lamentável. Um homem de bem, que estava tendo uma carreira excepcional. Um político que se projetava no âmbito nacional. Eu apenas tenho a lamentar uma perda tão prematura.”
Cesar Maia (DEM-RJ), candidato ao Senado, no Twitter
"Que noticia trágica; 49 anos, cinco filhos. Um homem de bem. Conheci em minha casa quando prefeito. A democracia perde um homem que contribuiria bastante para o debate político."
Ciro Gomes, ex-ministro e atual secretário de saúde do Ceará
"Estou profundamente consternado com a chocante noticia da morte de Eduardo Campos e de mais outras seis pessoas que o acompanhavam no trágico acidente desta manhã. Me associo à dor de sua mãe, Ana Arraes, de sua mulher, Renata , e de seus cinco filhos. Perdeu muito o Brasil com sua precoce e inesperada ausência. Só a crença no destino superior da alma humana pode atenuar a dor de sua família, de seus amigos, de seus contemporâneos da luta política."
Dalva Figueiredo (PT), deputada federal, no Twitter
"Lamentável a morte de Eduardo Campos na queda do avião do candidato a presidência pelo PSB. Quero transmitir meus sentimentos a toda família e amigos pela perda trágica na manhã desta quarta-feira de Eduardo Campos."
Edison Lobão, ministro de Minas e Energia
"Estou profundamente chocado e triste com a morte trágica de Eduardo Campos, com quem sempre mantive excelente relacionamento, e a quem sempre admirei como homem público e cidadão. Eduardo Campos foi um grande político, pelo que deixará uma lacuna na vida pública do seu estado e do país. Solidarizo-me com a sua família, com os familiares das demais vítimas da tragédia e com o povo de Pernambuco, que sofre, como os demais brasileiros, a perda de um importante líder."
Eduardo Braga (PMDB-AM), senador e líder do governo no Senado
“Perdemos nesta manhã um grande homem, um brasileiro exemplar, um político sério e competente. Tive a honra de poder trabalhar e estar com Campos inúmeras vezes enquanto governador do Amazonas e ele governador de Pernambuco. Seu vigor, sua paixão na defesa e na luta por melhorias sociais e econômicas para o povo de Pernambuco eram contagiantes. Sem dúvida alguma, está é uma grande perda para o país.”
Eduardo Suplicy (PT), senador e candidato à reeleição, no Facebook
"Lamento profundamente o falecimento de Eduardo Campos, candidato à Presidência da República, ex-governador de Pernambuco. O Brasil perde um grande valor em defesa da democracia e da realização de justiça. Ao povo de Pernambuco, aos seus familiares, ao PSB, e à Marina Silva meus profundos sentimentos de pesar e solidariedade."
Evandro Avelar, presidente da Federação Pernambucana de Futebol
"Eduardo sempre foi um parceiro e contribuiu e muito para o futebol do nosso estado. Todos estamos muito tristes com o ocorrido e prestamos solidariedade à família. O futebol perdeu um grande incentivador. Ele era a maior liderança jovem do País e desde quando era secretário viabilizava o lazer para o povo."
Fernando Haddad (PT), prefeito de São Paulo, no Twitter
"Perdemos um dos melhores políticos da nova geração. Eduardo Campos deixa só amigos, que viam nele alegria, inteligência e esperança. Triste."
Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente, ao Jornal Hoje
"O que me preocupa mais é a familia. Conheci o Eduardo, sempre respeitei o Eduardo. Mas, nesta hora, é um choque para todos os familiares. Foi um choque para a república, foi uma perda, ele abria esperanças grandes para o Brasil. Ele teria uma presença marcante no futuro do Brasil, e o Brasil precisa de lideres com visão, capazes de compreender a situação e que não guardava ódio e animosidades. (;...) Foi um candidato que respeitava os outros candidatos, pensava muito mais no Brasil, nos problemas do país do que na pequena politica. Era um homem que eu sempre respeitei."
Geraldo Alckmin (PSDB), governador de SP, ao Jornal Hoje
"Era uma liderança jovem promissora que teria muito a contribuir para o país. Eu perco um amigo."
Geraldo Julio, prefeito do Recife, em entrevista à imprensa
"Um momento de muita dor para todos os brasileiros, pernambucanos. É uma pessoa muito iluminada, um grande líder político, amigo, pai, irmão. É uma dor muito grande que certamente todos os pernambucanos e brasileiros sentem nesse momento. A gente pede a todos que tenham muita fé para que possamos superar esse momento. É uma perda irreparável, um jovem de 49 anos, que fez tanto por tantos pernambucanos e que deixa muita dor, não tem como expressar ou medir. Queria pedir a todos recifenses e pernambucanos que mantenham a paz e tragam muita fé e oração para a família, amigos e todos que admiravam", disse Geraldo Julio.
Gilberto Carvalho, ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República
"Nesse momento de comoção, me associo à dor da esposa de Eduardo Campos, Renata, de seus filhos, de toda a sua família, de todos os seus amigos e correligionários. Tive o privilégio de conviver com ele no governo do presidente Lula e a sua capacidade de trabalho, mas sobretudo, de fazer amigos, e sua capacidade de sedução, sempre foram marcas muito profundas de sua personalidade. Desejo muita força à Renata e a toda família por essa perda dolorosa."

Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD
"O Brasil perde um grande líder, um homem público sensível, uma esperança para os que seguem acreditando no exercício da Política como instrumento de fortalecimento democrático. Conheci Eduardo Campos  em 1999, em Brasília. Era deputado federal, e nunca mais deixamos de nos ver, manter um relacionamento fraterno, dialogar e falar sobre política. Em 2010, me convidou para entrar no PSB, mas o PSD ganharia proporções nacionais, e adiamos um projeto maior, de união, para uma conversa posterior. Sempre que vinha a São Paulo, eu o recebia em casa, falávamos sobre política e seus sonhos de ser Presidente. Aprendi muito com ele. Dividíamos projetos, ideias e lembranças da política. Eduardo deixa o exemplo de correção, de caráter e sensibilidade que o Brasil não esquecerá. Meus sentimentos à sua mulher, à sua família e aos pernambucanos que tiveram a oportunidade a honra de tê-lo como deputado, secretário de estado e governador. Um homem público vencedor, que pensava sempre em ajudar as pessoas."
Gleisi Hoffmann ‏(PT), senadora e candidata ao governo do Paraná, no Twitter
“Com pesar, recebi há pouco a notícia do falecimento de Eduardo Campos. Sempre muito triste ver alguém tão jovem (49) partir de maneira tão trágica. Neste momento diferenças políticas ficam em segundo plano. Me solidarizo e mando minhas orações para família e amigos.”
Guido Mantega, ministro da Fazenda
“Neste momento de perplexidade, junto-me às vozes de todo o país que lamentam a perda súbita e prematura do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos. Meus sinceros sentimentos à sua família e amigos, extensivo aos familiares de todas as vítimas desta tragédia.”
Gustavo Krause, ex-governador de PE e ex-prefeito do Recife
"Eu fiquei absolutamente impactado, pense em uma coisa que você não acredita que aconteceu. Se associa a um fato como esse uma tragédia familiar. Eu penso no pai de família, na orfandande dos filhos, penso na família. É uma tragédia pessoal familiar. É [também] uma tragédia política, porque ele era tão jovem, candidato à presidência, independente se você concorda ou não. Isso, de repente, desaparece, então meu sentimento é profundo de dor e de solidariedade. Estamos nos sentindo órfãos, não me importa se era adversário. Eu passei e ele era a sequência da minha geração [na política], isso para mim é muito duro. Minha filha não consegue falar, para nós todos é uma coisa muito dura, muito forte."
Henrique Eduardo Alves, deputado pelo PMDB-RN e presidente da Câmara
"Com extremo choque, profundo pesar e imensa consternação recebi a informação da morte de Eduardo Campos. Fomos colegas na Câmara por três mandatos e afirmo que Eduardo foi um homem público digno, que honrou o estado de Pernambuco, o Nordeste e o Brasil. Minhas condolências à família e ao povo brasileiro, que lamentam a perda de um homem tão jovem, em seu auge político e com tantos sonhos para a vida. Sua morte deixa uma lacuna irreparável. Somente Deus para confortar os familiares e amigos neste momento de insuportável dor."
Henrique Fontana (PT-RS), líder do governo na Câmara
“Estou muito impactado, com pesar muito profundo. Convivemos bastante quando ele foi deputado federal. E depois no período dele como ministro. Sempre foi alguém que eu admirei muito, inclusive pela forma de ser, de fazer política, uma pessoa sempre alegre, de ótimo convívio. Estou muito triste, inclusive como homenagem vou suspender as minhas atividade hoje.”
Humberto Costa (PT-PE), senador e líder do PT no Senado
"Todos nós estamos chocados e perplexos com essa notícia. É uma perda irreparável para o país. É uma perda pessoal também para mim muito grande porque tinha com ele uma relação de respeito, de amizade. Perdi ainda dois amigos que estavam no  avião. Pernambuco, um estado que foi revolucionado por seu período no governo, perde bastante”.
Jandira Feghali, deputada federal e líder do PCdoB na Câmara
"Eduardo era mais que um político. Era um sorriso marcante, humor inesquecível, companheiro de debates. Era uma liderança jovem, na defesa da democracia brasileira. Era mais do que isso também: meu amigo. Os anos no Congresso Nacional nos aproximaram e as ideias, lutas, identidades e diferenças marcaram nossa trajetória. Lembranças que ficam. Não há dor maior que a perda de um amigo, também pai, chefe de família, líder de seu povo. Sua história ficará conosco, na lembrança de seus passos na política, sempre em busca de um objetivo íntegro e democrático. Desejo afeto e solidariedade à família, que é o que mais sinto neste momento. Força aos amigos e correligionários."
Jean Wyllys (PSOL), deputado federal, no Twitter
“Chocado com o acidente que vitimou Eduardo Campos. Um acidente em que morreram também outras pessoas! Meus pêsames às famílias!”
João Capiberibe (PSB-AP), senador
"Estamos ainda sob o impacto da tragédia, é muito difícil especialmente para mim que tenho com ele uma relação política há muitos anos, e uma relação pessoal com a família. É uma tragédia ver o líder do nosso partido, uma liderança fantástica, com uma trajetória brilhante, desaparecer em meio de uma campanha que tinha tudo para ser disputada. É dramático. Se me perguntarem o que estamos pensando para a campanha, estamos buscando conversar com outros companheiros de campanha e vamos aguardar as informações oficiais."
João Lyra, governador de PE
"Quero levar ao povo de Pernambuco e ao povo brasileiro a minha palavra de solidariedade e muita tristeza, e ao mesmo tempo, de muita esperança. Convivi com Eduardo por 15 anos, e construímos uma amizade muito firme, de cumplicidade, solidariedade e de muita independência. Que a vida dele sirva de exemplo de muita coragem e compromisso com o povo pernambucano e brasileiro. É um dia de muita tristeza."
José Agripino (DEM-RN), senador, no Twitter
"No aeroporto de Natal, ao lado de Aécio, estamos surpresos com a noticia da morte de Eduardo Campos. Agenda no RN e PB cancelada."
José Sarney (PMDB-AP), senador
“Estou chocado com a morte de Eduardo Campos. A morte é um fenômeno transcendental. Supera todos os sentimentos. Deus é testemunha da minha emoção, do meu pesar e do quanto estou chocado com o falecimento de Eduardo Campos, a quem conheci ainda jovem, despontando como um grande talento. O Brasil perdeu uma de suas maiores esperanças políticas. Eduardo tinha um grande futuro e vivia um grande presente. Junto-me a sua família e ao povo brasileiro nesse sentimento de perda, e peço a Deus que nos console e nos ampare. O Brasil, o Nordeste e Pernambuco sentem o vazio que se abre – e que não
será preenchido. É hora de invocar o símbolo que os romanos usavam: a coluna partida, quebrada, não completa sua beleza."
Laércio Benko (PHS), candidato a governador em São Paulo
"É com grande tristeza que Laércio Benko recebeu a notícia da morte de seu amigo Eduardo Campos. Laércio, que é presidente estadual do PHS, partido que junto com o PRP faz parte da Coligação Unidos pelo Brasil, suspendeu toda sua agenda de campanha, em luto pela morte precoce do político. O candidato a governador por São Paulo se solidariza com a família do ex-governador de Pernambuco e afirma que o país perdeu um grande homem."
Luiz Fux, ministro do STF
“É absolutamente lamentável porque é a perda de um grande homem público, um homem republicano, com bons propósitos, também porque com ele também desaparece os sonhos de um jovem que tinha todo o direito de sonhar com o que ele sonhava. E isso nos alerta para o fato de que é importante nós vivermos a vida com lisura, lealdade, com nossos objetivos, porque nós só temos uma vida pra viver.”
Luiz Inácio Lula da Silva, ex-presidente da República
"Como todos os brasileiros, estou profundamente entristecido com a trágica morte de Eduardo Campos. Um grande amigo e companheiro. Conheci Eduardo através de seu avô, Miguel Arraes, um memorável líder das causas populares de Pernambuco e do Brasil. O país perde um homem público de rara e extraordinária qualidade. Tive a alegria de contar com sua inteligência e dedicação nos anos em que foi nosso ministro de Ciência e Tecnologia. Ao longo de toda sua vida, Eduardo lutou para tornar o Brasil um país mais justo e digno. O carinho, o respeito e a admiração mútua sempre estiveram presentes em nossa convivência. Nesse momento de dor, eu e Marisa nos solidarizamos com sua mãe, Ana Arraes, sua esposa, Renata, seus filhos e toda a sua família, amigos e companheiros. Também prestamos solidariedade às famílias dos integrantes da sua equipe e dos tripulantes que falecerem nesse terrível acidente."
Luís Roberto Barroso, ministro do STF
“O país em geral recebe com surpresa a notícia, com grande tristeza. era uma estrela em ascensão na política brasileira. Um político com grande futuro, herdeiro da tradição importante de Miguel Arraes.”
Marcelo Crivella (PRB), candidato a governador no RJ
"Hoje há no Brasil, em cada lar uma prece, em cada coração um voto de pesar e de saudades pela perda do nosso irmão Eduardo Campos."
Marcelo Freixo (PSOL), candidato a deputado estadual no RJ, no Facebook
"A vida é tão rara"! Terrível a noticia da queda do avião com Eduardo Campos e comitiva. Toda solidariedade aos familiares e amigos."
Marcelo Rubens Paiva, escritor, no Twitter
"Nossa! Tragédia triste. Pra família Arraes, pros amigos e pra política brasileira."
Mario Covas Neto (PSDB), vereador, no Twitter
“Independente das convicções partidárias, lamento profundamente a morte de @eduardocampos40. Minha solidariedade a toda sua família.”
Marco Aurélio Mello, ministro do STF
“Lamentável. Os brasileiros em geral estão consternados. Embaralha a disputa, as eleições ficam em suspenso quanto à substituição dele, se a própria vice será candidata titular ou se o partido oferecerá outro nome. E precisamos aguardar. Agora, confirma-se a máxima de que temos desígnios insondáveis. Ontem mesmo eu assisti à entrevista dele no Jornal Nacional com o Bonner e a Patrícia, né? E jamais poderia pensar esse sinistro, esse acidente, que ele fosse embora.”
Marco Feliciano (PSC), deputado federal, no Twitter
"Lamentável a tragédia ocorrida nesta manhã/SP, a queda da aeronave q conduzia o presidenciável Eduardo Campos. Que Deus conforte a família."
Marta Suplicy (PT-SP), ministra da Cultura
"O Brasil perde um grande político: jovem, dinâmico e competente. Eduardo Campos deixa uma lacuna nesta nova geração e o povo brasileiro sentirá falta de sua contribuição para um país melhor. Meu grande abraço a Renata e a toda família Campos."
Mendonça Filho, líder do DEM
“É um baque grande, que nos deixa atordoados. Difícil de expressar qualquer sentimento senão o de grande consternação e do luto. Uma tragédia que interrompe uma carreira política brilhantes. O Brasil perde um político jovem que tinha muito a contribuir para o nosso estado e o país. Expresso minha total solidariedade com a família, os amigos e todos seus admiradores.”
Michel Temer (PT), vice-presidente da República
"Não há palavras para descrever a tragédia que hoje se abateu sobre a política brasileira. Eduardo Campos era um político de princípios e valores herdados de sua família e levados com dignidade e honra por toda sua trajetória no Parlamento e no Executivo. Assim como todo o país, estou chocado com esse acidente e com as perdas para amigos e familiares. Que Deus dê conforto a seus filhos, a sua mãe, familiares e a tantos admiradores que deixou órfãos neste triste dia."
Direção Nacional do MST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra
"Campos foi um grande amigo do MST e apoiador da luta pela terra e pela Reforma Agrária. (...) Conhecia a questão agrária brasileira, e como candidato à presidência, tinha clareza da necessidade de resolver o problema da concentração da terra no Brasil e os males causados pelo latifúndio. Comprometeu-se com o projeto de desenvolvimento sustentável para o semiárido brasileiro e com a proposta de desenvolvimento da região canavieira do nordeste, uma das regiões mais pobres e com maior concentração de terra do Brasil, em consequência da monocultura canavieira. Sem dúvida, sua morte prematura é uma grande perda para a política nacional, e os Sem Terra perdem um amigo e grande apoiador da luta pela terra e pela transformação social no país. O povo brasileiro também perde um político jovem e comprometido com as causas de um país mais justo."
Paulo Maluf (PP), deputado federal
"A morte de Eduardo Campos é uma tragédia irreparável. Sua ausência deixa o país sem um de seus melhores políticos. Homem notável, uma esperança para o futuro de todos nós. Nesse momento terrível quero deixar minhas condolências a toda a sua família e seus amigos. Em sinal de luto interrompi minha campanha politíca que estava fazendo no interior de São Paulo."
Paulo Paim (PT-RS), senador, no Twitter
"Profundamente triste e chocado com a morte do grande líder e candidato a presidente da República pelo PSB Eduardo Campos #LUTO."
Paulo Skaf (PMDB), candidato ao governo do estado de São Paulo
"O Brasil perdeu hoje um grande estadista, um homem público da maior qualidade, que exerceu a política com competência, honestidade e dedicação. Eu perdi um amigo, com quem tive a honra de conviver. Eduardo Campos foi um dos incentivadores de meu ingresso na política. Há cinco anos, iniciei minha trajetória política em seu partido, o PSB. Quero me solidarizar com sua família e seus amigos. Quero me solidarizar também com o povo de Pernambuco pela perda de seu grande líder."
Paulo Souto (DEM), candidato ao governo da Bahia, no Twitter‏
"Eduardo Campos deixa saudades por tudo que realizou e o muito que ainda realizaria. Ele nunca poupou o talento político que trazia no DNA."
Pelegrino (PT-BA), deputado federal, no Twitter
"Com a morte de Eduardo Campos o Brasil perde um dos mais brilhantes políticos de sua geração. Eduardo tinha um futuro promissor. Pesar."
Pimenta da Veiga (PSDB), candidato a governador de MG
“É difícil expressar minha consternação diante do ocorrido. Ainda estou sob forte impacto, não só pelo homem público que era Eduardo Campos, mas pela sua morte trágica, ainda muito moço. Já tendo ocupado importantes postos na vida pública, a ele estavam reservadas missões de grande relevância para o país. É uma perda para todos nós. Fará uma enorme falta ao Brasil. Quero registrar também meu pesar pela morte dos outros ocupantes do avião.”
Perpétua Almeida (PCdoB), deputada federal, no Twitter
"Manifesto meu pesar pela morte de Eduardo Campos. O Brasil está perplexo. Perde a democracia, perde a boa política."
Randolfe Rodrigues (PSOL-AP), senador
"É com pesar, tristeza e perplexidade que recebo a notícia do acidente e morte de Eduardo Campos. O Brasil perde muito nesse momento."
Renan Calheiros (PMDB), presidente do Senado
"É com profundo pesar que lamento a morte tão precoce e trágica do candidato do PSB à presidência da República, Eduardo Campos. Uma tragédia que deixa o Brasil chocado e surpreso. O país sofre a dor coletiva da perda de uma das mais promissoras lideranças da política brasileira. Eduardo Campos foi um homem respeitável em todos os aspectos de sua personalidade, um pai exemplar e uma referência como homem público nos cargos que exerceu. Em nome do Congresso Nacional e em meu próprio envio condolências à família, ao PSB e ao governo do Estado de Pernambuco. Informo, ainda que o Congresso Nacional decretará luto oficial por um período de três dias. A Presidência do Senado proporá também uma sessão solene para conceder a ordem do mérito do Congresso Nacional ao ex-governador Eduardo Campos."
Ricardo Berzoini, ministro-chefe da Secretaria de Relações Institucionais
"Foi com profundo pesar que recebi a notícia do falecimento do companheiro de tantas lutas, Eduardo Campos. Em diversos momentos convivemos intensamente, como parlamentares de oposição, de 1999 a 2002, depois como ministros do governo Lula e como presidentes nacionais, eu do PT e ele do PSB. Nesse tempo de convívio, constatei no Eduardo uma personalidade séria, honesta e comprometida com o povo brasileiro, em especial com os mais necessitados. Manifesto minha solidariedade com todos os familiares, amigos e apoiadores de Eduardo Campos. A política brasileira perde um grande líder e nós todos perdemos um interlocutor sempre atento ao diálogo e à construção da democracia."
Ricardo Lewandowski, presidente do Supremo Tribunal Federal
"O Ministro Ricardo Lewandowski, no exercício da Presidência do Supremo Tribunal Federal, lamenta o falecimento do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, ocorrido na manhã desta quarta-feira (13). Em nome pessoal e da Corte, o Ministro Lewandowski expressa o seu sentimento de pesar e presta condolências à família."
Ricardo Ferraço (PMDB-ES), senador, no Twitter
"Em estado de choque com o falecimento de Eduardo Campos.É uma tragédia q deixa o Brasil todo triste com a perda de um grande homem público."
Roberto Amaral, primeiro vice-presidente do PSB
"Não é só Pernambuco e sua gente que perdem seu líder; não é só o PSB que perde seu líder. É o Brasil que perde um jovem e promissor estadista. Estamos todos de luto."
Roberto Magalhães, ex-governador de PE e ex-prefeito do Recife
"Há muito tempo eu não tinha um choque tão grande e tão inesperado como esse. A perda enorme, não apenas para seus amigos e família, mas para Pernambuco todo. Ele foi um governador brilhante, era uma figura que me parecia predestinada para uma grande jornada política. Embora de um partido adversário, eu o apoiei. Meu partido também o apoiou porque ele assumiu com muita coragem a mesma bandeira de Tancredo Neves de 1984, que são novos caminhos, uma nova política. Mais do que isso, a restauração de tanta coisa que o Brasil precisa,a começar pelos valores morais, político. Eu me sinto politicamente órfão."
Roberto Requião (PMDB), senador, no Twitter
"Chocado com a morte de Eduardo Campos paro um pouco para refletir sobre a vida e a política. Condolências sinceras à família."
Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), senador e líder do PSB no Senado
“O destino nos pregou um grande golpe. O Brasil hoje perdeu um dos mais brilhantes brasileiros. Eduardo Campos era um amigo, irmão, companheiro, líder insubstituível. Representava, para milhões de brasileiros, a esperança de um novo tempo na política brasileira. Pedimos a Deus neste momento muita serenidade e discernimento para superar a dor e seguir o exemplo de dedicação, compromisso e amor ao povo brasileiro manifestados por Eduardo Campos em sua trajetória.”
Romário (PSB), candidato a senador, no Facebook
"O Brasil acaba de perder um de seus melhores quadros políticos, o candidato a presidente pelo PSB Eduardo Campos. Tive a felicidade de conviver muito com ele nos últimos meses, desde meu retorno ao partido. Foi um privilégio aprender com um homem íntegro e extremamente republicano, que amava seu país, seu povo, acreditava e fazia uma política honesta. Sob o seu comando, o Brasil com certeza teria um futuro bem melhor. É difícil visualizar um quadro mais capacitado que ele para comandar o país neste momento. Uma lástima. Campos foi governador de Pernambuco por dois mandatos, com altíssimo índice de aprovação pelos cidadãos pernambucanos. Para eles, seus amigos e sua família eu expresso, neste momento, minha profunda tristeza. Força Renata, sua amada esposa, e Maria Eduarda, João, Pedro, José e Miguel, seus queridos filhos. Luto!"
Rubens Bomtempo, vice-presidente do PSB e coordenador da campanha de Eduardo Campos no Estado do Rio
“Abalado demais com essa tragédia que levou um dos mais preparados e promissores políticos do nosso país. Meu amigo e companheiro de partido”, diz a mensagem publicada por Bomtempo na internet. O encontro desta terça-feira (13) entre o prefeito e Eduardo Campos aconteceu durante a reunião da Frente Nacional de Prefeitos (FNP). O candidato à Presidência havia acabado de ser reeleito como presidente nacional do PSB. A posse estava prevista para novembro."
Rubens Bueno, deputado federal e líder do PPS na Câmara
“Tinha com ele uma amizade muito grande. E nós trocávamos ideias sempre pensando no país, na política, nos fundamentos políticos. Fico muito triste.”
Rui Falcão, presidente nacional do PT
“O conjunto do Partido dos Trabalhadores manifesta imenso pesar pelo falecimento do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, candidato à Presidência da República pelo PSB, em acidente aéreo ocorrido na manhã desta quarta-feira, 13 de agosto. Em função deste trágico fato, a direção nacional do Partido dos Trabalhadores decidiu cancelar todas as atividades públicas referentes à campanha eleitoral 2014 nas esferas nacional, estadual e municipal, em manifestação de luto com duração de três dias. O PT se solidariza com os familiares, amigos e correligionários de Eduardo Campos neste momento de dor diante de tão grande perda."
Tarso Genro (PT), governador do RS e candidato à reeleição
"Eu estava em um evento de campanha quando soube e, imediatamente, suspendemos o evento. Fui ministro com Eduardo Campos, tínhamos relações de companheirismo. É uma grande perda humana, grande perda política. É brutal para o país, para a família, para todos os brasileiros. Não vou fazer considerações sobre decorrências para o processo político. Não é correto. Tem que ter respeito à família nesse momento. Isso [o acidente] é um acontecimento dramático que pode acontecer em qualquer momento da história. Tivemos anos atrás a morte do Fernando Ferrari, só para lembrar um. Temos de enfrentar de maneira solidária, não ferir os que foram mais atingidos, que é a sua família."
Zé Gomes (PSOL), candidato ao governo de PE
"Estou bastante chocado e assustado. Pessoas que fazem opção a vida pública estão expostas, todos os candidatos andam de avião por aí. É uma tragédia, é uma perda muito grande. Temos toda uma discordância política, mas ele era um quadro político brilhante, com desponte nacional. Eu estou chocado, é um fato lamentável tanto do campo político quanto para a família dele. Lamento não só por ele, como pelas outras pessoas que estavam no avião."
Lídice da Mata (PSB-BA), senadora e vice-líder do PSB no Senado
"Eduardo era um político brilhante, um jovem que marcou a política nacional pela sua seriedade, honestidade, competência, ousadia. O PSB da Bahia está totalmente chocado".
Romero Jucá (PMDB-RR), senador, no Twitter
"Lamento a morte de Eduardo Campos. Uma grande perda para o Brasil. Minha solidariedade para a família."

Ana Amélia Lemos (PP), candidata a governadora do RS, no Twitter
"A morte de Eduardo Campos é uma tragédia para todos nós. A política brasileira perde um grande homem!"
Izalci, deputado federal (PSDB-DF)
“O povo brasileiro assistiu à entrevista dele ontem [no Jornal Nacional], animado com a eleição. Isso pegou todo mundo de surpresa. Não só por ele, mas por todas as pessoas que foram vítimas do acidente. É lamentável. Era uma liderança nata, alguém que tinha muito para contribuir para o país.”

Cássio Cunha Lima (PSDB), candidato a governador da PB, no Twitter
“O Brasil perde um extraordinário homem público. Perco um amigo. Impactado com a tragédia.”
Antonio Anastasia (PSDB), ex-governador de MG e candidato a senador
“Surpreso e chocado com a triste notícia do prematuro falecimento do ex-governador de Pernambuco e candidato a presidente da República, Eduardo Campos, sinto-me em dificuldades para encontrar palavras que traduzam o profundo sentimento em que me encontro diante dessa grande perda. Jovem político com carreira brilhante como administrador de seu Estado natal, o falecimento de Eduardo significa a interrupção de uma trajetória que tem raízes nas melhores tradições democráticas e de apego às lutas por um Brasil melhor desde seu avô, Miguel Arraes, e que ele, tão bem, dava prosseguimento como seu herdeiro. Manifesto, da forma mais sincera, meu pesar a todos os seus familiares, bem como amigos, correligionários e aos conterrâneos de Eduardo Campos.”
Thiaguinho, cantor, no Twitter
"Muito triste e chocado com a notícia da morte do meu amigo Eduardo! Putz! Um grande amigo que a vida me deu... Vai com Deus, meu irmão!"
Robinho, jogador de futebol, no Twitter
"Muito triste o acidente que aconteceu aqui em Santos hoje. Sete pessoas, entre elas o candidato à presidência Eduardo Campos, faleceram. Ficam aqui o meu pesar pelas vítimas e a minha oração pelos familiares."

Luciano Huck, apresentador, no Twitter
"Mt triste pela família do gov Eduardo Campos. A política brasileira perde uma peça importante, talentosa e de bom senso no seu tabuleiro."
Amaury Jr, apresentador, no Twitter
"A efemeridade da vida. Eduardo Campos, inacreditável."
Banda Calypso, no Facebook
"Estamos chocados, pois perdemos um grande amigo, uma pessoa que sempre deu a maior força pra banda Calypso em Pernambuco. Um exemplo de ser humano e um grande político, que tinha propostas e grande potencial para a presidência do nosso país. Que Deus abençoe e conforte o coração de todos os familiares, estamos em oração por vocês!"

José de Abreu, ator, no Twitter
"Tragédia nacional."

Astrid Fontenelle, jornalista e apresentadora, no Twitter
"Não seria meu candidato, mas a vitalidade política dele era interessante. Minha solidariedade a família. Tantos filhos... RIP Eduardo Campos."
Xico Sá, escritor, no Twitter
"Pelo amor de Deus, querer saber o q muda na eleição em um momento triste como este! É hora d lamentar a tragédia e fazer silêncio respeitoso."
Rafael Cortez, apresentador e humorista, no Twitter
"Muito triste a morte do Eduardo Campos. Ainda mais nessas circunstâncias. Força aos que o amavam e ficam. Nosso respeito nessa hora."
Valesca Popozuda, cantora, no Twitter
"Coitado do Eduardo Campos. Que Deus conforte família e amigos dele nesse momento. Que Deus conforte a família de todas as vítimas envolvidas."
Tico Santa cruz, cantor, no Twitter
"A morte anda pregando peças... @eduardocampos40 estava no avião que caiu em Santos. Lamentável. Meus pêsames a família e aos próximos."
Christine Fernandes, atriz, no Twitter
“Uma perda: jovem, bom articulador e pai de 5 filhos. Dá tristeza, sendo ou não seu candidato de escolha RIP #EduardoCampos #Eleições2014.”
Marcelo Tas, apresentador, no Instagram
"Meus sentimentos à familia e amigos de Eduardo Campos #Luto #JovemDemais #PE."
Adriane Galisteu, apresentadora, no Instagram
"Que tragédia! Que Deus conforte os familiares e amigos. #rip Eduardo Campos"
Preta Gil, cantora, no Instagram
"Estou profundamente chocada com essa tragédia , que tirou a vida de Eduardo Campos e mais 6 pessoas, que Deus conforte e ajude os familiares e amigos deles, o Brasil esta de luto."
Angélica, apresentadora, no Instagram
"Meus sentimentos a familia de Eduardo Campos e a todas as familias que sofrem com essa tragedia."
Roberto Setubal, presidente do Itaú Unibanco
“Foi com muita tristeza que nós, do Itaú Unibanco, recebemos a trágica notícia sobre o falecimento do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência, Eduardo Campos, e de outras vítimas, na cidade de Santos. Neste momento de profundo pesar, nos solidarizamos com seus familiares e amigos. Perdem muito também o Brasil e a democracia brasileira. Estendemos também nossos sentimentos aos familiares e amigos dos demais envolvidos no triste acidente.”
Murilo Portugal, presidente da Federação Brasileira de Bancos (Febraban)
“Estou profundamente chocado com a trágica notícia da morte do ex-governador Eduardo Campos. O Brasil e Pernambuco perderam um grande líder político e um administrador público competente. Mas meus pensamentos neste momento são para sua família, a quem estendo profundo pesar em meu nome pessoal, como seu admirador e amigo.”

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS