Header Ads

ad

Polícia prendeu em Canindé grupo de três ciganos acusado de chacina em Itapajé no ano 2000


A Polícia Civil realizou nesta quarta-feira, dia 22, a prisão de Francisco Augusto Costa, o “Alfredo Cigano”, Maria Ziulan da Costa e Francisco Gleyson Costa, o “Gleyssinho”. Os três são acusados de participação naquilo que ficou conhecida no município de Itapajé como “a chacina dos ciganos”, ocorrida no dia 29 de julho de 2000, durante uma exposição agropecuária. O crime vitimou de morte Carlos César Barroso Magalhães, de 22 anos, e de José Wilson Barroso Forte Júnior, de 27. Uma terceira vítima – Maxwell Magalhães Caetano, 23 anos – sobreviveu, mas ficou tetraplégico. O trio foi preso na região do sertão de Canindé, em uma localidade de difícil acesso. A captura dos foragidos foi fruto de uma operação sigilosa e demorada da Polícia Civil. Um outro envolvido nos crimes, José Gomes da Costa, conhecido como “Flávio Cigano”, já havia sido preso e foi sentenciado em julho deste ano, pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Itapajé. Na ocasião, a juíza Juliana Porto Sales fixou pena de 23 anos e quatro meses a ser cumprida em regime fechado. Ainda não está claro se os presos serão trazidos para a cadeia de Itapajé e se ficam encarcerados na cidade de Canindé à disposição da Justiça.


Fonte: Atitude FM

Nenhum comentário