Pentecoste: Presidida por Vicente do Zuza, CPI chega ao fim e não termina em pizza « ADRIANO FURTADO

sábado, 25 de junho de 2016

Pentecoste: Presidida por Vicente do Zuza, CPI chega ao fim e não termina em pizza

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:



Foi concluída nesta sexta-feira, 24 de junho, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) instalada pela Câmara Municipal de Pentecoste, para apurar denúncias de esquema de corrupção envolvendo o ex-secretário de finanças Paulo Sergio Santos.  O Relatório Final da CPI que pedia o indiciamento do ex-secretário e da prefeita Ivoneide Moura, foi aprovado foi aprovado com seis votos favoráveis, dois contrários e uma abstenção.  Votaram a favor os vereadores Daniel do Zé Gomes, Vicente Do Zuza, Ver Burico Gino, Zezinho Xavier, Roberto Leite e Celio Campelo. Os vereadores Manoel Forte e Chico Miguel, optaram por votar contra à aprovação do relatório. Já o vereador Gardel da Serrota preferiu não votar. Paulo Sergio foi indiciado por quatro crimes, enquanto a prefeita foi indiciada por desobedecia. O processo segue agora para o Ministério Público.

A CPI
Foi a terceira CPI instalada pela Câmara Municipal de Pentecoste somente nesta atual legislatura e a única que teve um resultado positivo para a população. Sob a presidência do vereador Vicente do Zuza, a CPI seguiu todos tramites normais e obedeceu rigorosamente o que determina a lei. Mesmo com as várias tentativas de barrar a CPI e manobras apresentadas pelas partes investigadas, Vicente do Zuza, manteve pulso firme e não permitiu que os trabalhos fossem interrompidos. Importante lembrar que as CPIs instaladas anteriormente terminaram em pizza, a primeira foi presidida pelo vereador Gardel, sendo marcada por várias manobras que resultou em seu fim antes do previsto. A segunda só deu tempo ser instalada e já foi enterrada, pois os vereadores Gardel da Serrota e Célio Campelo que haviam assinado sua abertura, acabaram retirando as assinaturas inexplicavelmente.

   

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS