GALPÃO DOS FEIRANTES E MERCADO PÚBLICO: PROBLEMAS QUE CIRO BRAGA TAMBÉM NÃO CONSEGUE RESOLVER EM ITAPAJÉ « ADRIANO FURTADO

quarta-feira, 22 de julho de 2015

GALPÃO DOS FEIRANTES E MERCADO PÚBLICO: PROBLEMAS QUE CIRO BRAGA TAMBÉM NÃO CONSEGUE RESOLVER EM ITAPAJÉ

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:







Infelizmente nosso pequeno município, que recentemente completou 156 anos de emancipação política, ainda padece pelo descaso e incompetência de nossos governantes. Mas de todos os nossos enormes problemas, aquele que mais nos embrulha o estômago, literalmente falando, é a insalubridade do centro da cidade. O barracão dos feirantes, o mercado municipal, o “mercado do peixe” e a feira livre são exemplos de completa ausência de planejamento e persistência de péssimas práticas sanitárias. Não há locais adequados, construídos pelo poder público, para abrigar ambulantes e tampouco espaços para a venda em condições adequadas de higiene de alimentos perecíveis e refeições. No “mercado do peixe”, por exemplo, os comerciantes de pescado vendem os peixes ao lado de latas de lixo.  O problema demanda planejamento e investimentos onerosos, mas necessários.  Infelizmente nosso jovem prefeito, Ciro Braga, de pouco prestígio entre os parlamentares estaduais e federais (pelo menos entre aqueles que têm alguma expressividade) prefere fechar os olhos ao problema, é mais fácil e conveniente. A situação é ainda mais grave quando se constata que a vigilância sanitária do município também se omite em realizar seu trabalho. Nesses espaços de venda de comida supracitados, a população disputa espaço com cães vadios e até mesmo ratos. Logo quando assumiu a Secretaria de Agricultura, o secretário José Airton Etelvino realizou reuniões com permissionários do mercado e prometeu melhorias. Nada, ou quase nada, foi feito. Será que nosso prefeito teria coragem de tomar um ‘caldinho’ no galpão ou no mercado público? Certamente não. Mas também não é preciso. O gestor goza de privilégios bancados pelo dinheiro do contribuinte que a maioria dos mortais infelizmente nunca terá acesso.


Mardem Lopes

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS