ITAPAJÉ: CORTE DE RECURSOS NA EDUCAÇÃO AMEAÇA IMPLANTAÇÃO DO CAMPUS DA UFC « ADRIANO FURTADO

segunda-feira, 12 de janeiro de 2015

ITAPAJÉ: CORTE DE RECURSOS NA EDUCAÇÃO AMEAÇA IMPLANTAÇÃO DO CAMPUS DA UFC

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:

A decisão da equipe econômica do governo da Presidente Duma Rousseff de reduzir custos da máquina pública para economizar em 2015 R$ 66 bilhões representou um duro golpe contra a educação brasileira. Apresar da  presidente ter definido a educação como a prioridade das prioridades” nos próximos quatro anos, a pasta comandada pelo ministro Cid Gomes deve perder R$ 7 bilhões, quase um terço do orçamento previsto para este ano. Embora os números não sejam definitivos, pois o congresso ainda deve votar com ajustes o orçamento da União para o exercício financeiro de 2015, é certo que o corte na educação será gigantesco.
A contingência de recursos ameaça o mais importante projeto desenvolvimentista da história de Itapajé. Trata-se a implantação da extensão do campus avançado da Universidade Federal do Ceará da cidade de Sobral em nosso município. O projeto capitaneado pelo deputado federal Danilo Forte (PMDB) a partir do empreendimento visionário do empresário José Maria Meio (in memoriam) que com recursos próprios construiu o centro cultural Jardim de Anita está incluído na previsão orçamentário do governo federal para este ano. Forte foi o relator da peça orçamentária e sua atuação política foi decisiva para a inclusão do projeto. Os recursos da ordem de R$ 45 milhões fruto de uma emenda de bancada articulada por Forte preveem a construção de novos blocos de salas de aula no Jardim de Anita dependências administrativas e demais estruturas necessárias à criação do campus itapajeense.
O reitor da UFC Jesualdo Farias recebeu oficialmente no dia 09 de janeiro de 2014, a posse do Jardim de Anita após doação feita pela família de José Maria Melo. Devem funcionar no complexo universitário os cursos de Artes Cênicas, Biologia, Física, Geografia,  História,  Letras, Matemática, Pedagogia, Química, dentre outros, beneficiando pelo menos 1.800 alunos. No terreno há também um anfiteatro com capacidade para 150 pessoas e um teatro com capacidade para 420 lugares. Com a implantação dos cursos universitários o perfil social de Itapajé se transformará radicalmente. Deixaremos de ser uma cidade de vocação ainda agrícola em uma cidade de vocação universitária. As cidades universitárias são pujantes têm ‘locus’ próprio, cultura singular e influenciam a formação cultural e intelectual de seus habitantes. Ademais a economia ganha nova dinâmica, o mercado imobiliário e de serviços cresce e gera empregos. O entretenimento passa a constituir um nicho importante do mercado local.
Mas essa esperada transformação está ameaçada pelo corte de recursos do Governo Federal no orçamento do Ministério da Educação. Com os cortes novos empreendimentos ficam ameaçados e devem ser adiados ou suspensos. A bancada cearense no Congresso Nacional terá que demonstrar força e habilidade política para que não percamos tão importante investimento.


*Mardem Lopes

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS