ITAPAJÉ: ADVOGADO DENUNCIA POSSÍVEL DESRESPEITO A LEI ELEITORAL POR PARTE DO PREFEITO MUNICIPAL « ADRIANO FURTADO

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

ITAPAJÉ: ADVOGADO DENUNCIA POSSÍVEL DESRESPEITO A LEI ELEITORAL POR PARTE DO PREFEITO MUNICIPAL

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:



O Advogado e Radialista Dr. Sebastião Neto publicou em sua página no Facebook no principio da noite desta quarta-feira (27), uma informação dando conta de possível desrespeito a Lei Eleitoral por parte do prefeito municipal de Itapajé.

De acordo com Dr. Neto, o atual Prefeito de Itapajé, age com desrespeito às normas eleitorais e às autoridades, pois está atuando com assessores realizando reuniões para pressionar servidores municipais, prestadores de serviços e outras pessoas ligadas a administração, para acompanharem seus candidatos, trabalhando e votando. 

O Advogado em sua postagem ainda critica a gestão do prefeito atual e diz que sua administração tem sido marcada por falta de consciência humana, reverência aos princípios legais, ética, moral, irregularidades, desvios de conduta e crimes de todo tipo. 


CONFIRA A POSTAGEM DO DR. SEBASTIÃO NETO!!! 

Recebo informação que, além dos desmandos administrativos, desrespeitos às leis, cumprimentos de obrigações e deveres, o atual Prefeito de Itapajé, num fato que precisa chegar, através dos partidos e suas representações junto à Justiça Eleitoral, em 1º e 2º Gráus, está atuando, com assessores, realizando reuniões para pressionar servidores municipais, prestadores de serviços, etc, para acompanharem os seus candidatos, trabalhando e votando em seu prol, o que se constitui num flagrante desrespeito às normas eleitorais e às autoridades. O alcaide precisa ser barrado nos seus atos, porquanto o cidadão é livre para votar ou escolher o candidato da sua preferência que entenda ser melhor para o seu Estado e o País. Essa administração tem sido marcada por falta de consciência humana, reverência aos princípios legais, ética, moral, irregularidades, desvios de conduta, crimes de todo tipo, necessitando de um "arrôcho" do Ministério Público Eleitoral. Fiscalizem o pleito, amigos, gravem o que for possível. Tratem de registrar por filmagens, documentos, testemunhas, tudo para que se possa utilizar como prova, quando necessário perante a Justiça Eleitoral. Observem quem participa desse processo fraudulento para que responda, também, aos rigores da Lei. Nada contra o Prefeito, mas contra a sua ação imoral devastadora que compromete a lisura do leito em nossa terra.Com efeito, o voto deve ser livre e consciente, sem qualquer captação suja.

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS