ITAPAJÉ: SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO USA DE AUTORITARISMO E TENTA INTERVIR NA DIRETORIA DO SISPUMI « ADRIANO FURTADO

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

ITAPAJÉ: SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO USA DE AUTORITARISMO E TENTA INTERVIR NA DIRETORIA DO SISPUMI

Postado Por: ADRIANO FURTADO  |  Em:


Em texto publicado na página virtual mantida pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Itapajé (SISPUMI), o órgão acusa a Secretaria da Educação do Município de perseguição política contra duas professoras membros da diretoria do sindicato. De acordo com a nota, assinada pela secretária da educação Célia Bernardo, a gestão “Juntos Fazemos Mais” tenta obrigar o SISPUMI a substituir as professoras Zeuda Brioso da Cruz e Marciza Loureto Forte Rodrigues por servidores, que não da educação, na direção do órgão.  No Ofício a Gestora da Educação exige que o presidente do SISPUMI, Cid Lira Braga solicite dois servidores lotados em outras outras secretarias para o preenchimento dos cargos. Em resposta o sindicato repudiou a atitude e criticou duramente a falta de conhecimento de Célia Bernardo em relação ao Estatuto do Servidor, Estatuto do Sindicato e Constituição Federal. O SISPUMI argumenta ainda que jamais poderia levar em consideração a determinação, uma vez que as servidoras em questão foram eleitas para seus respectivos cargos pela vontade soberana dos funcionários públicos filiados. Por fim o sindicato classifica a ação de arbitrária, abusiva, prepotente, autoritária, antidemocrática, imoral e ilegal.

* Com informações de sispumi.blogspot.com.br

Do Blog Mardem Lopes: Está claro que a tentativa de retirar as duas professoras da diretoria do sindicato não passa de retaliação às recentes críticas feitas pelos sindicalistas às ações da secretária da educação. Os argumentos utilizados pela secretária beiram o ridículo. O SISPUMI, como todo e qualquer sindicato, é um órgão independente da gestão pública. Se a diretoria é formada eminentemente por servidores da educação em detrimento de outras áreas, cabe aos servidores públicos, e somente a eles, questionar a composição da diretoria. Mas longe disso, os filiados ao sindicato, ao que tudo indica, não se sentem incomodados com os quadros da diretoria do órgão, uma vez que votaram e elegeram os atuais diretores.  

Do Blog Adriano Furtado:    Agora se percebe claramente a falta de preparo e de respeito da secretária de educação do município de Itapajé, uma vez que apresenta sinais de autoritarismo e falta de conhecimento com as leis. Depois dessa atitude prepotente, só resta lamentar o fato, pois querer intervir de forma arbitrária na composição da diretoria de um sindicado, que foi eleita pelos servidores públicos municipais, a quem o órgão representa, é no mínimo uma aberração. Que a secretária possa rever seu conceito abusivo e aprenda a conviver com as críticas, pelo menos, enquanto estiver exercendo cargo público.

0 comentários:

:: públicidade ::

:: públicidade ::
A MAIOR RECOMPENÇA DO NOSSO TRABALHO NÃO É AQUILO QUE NOS PAGAM POR ELE, E SIM, AQUILO EM QUE ELE NOS TRANSFORMA

ASSINE NOSSO E-MAIL E GRATIS